Playground para crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA)

12/07/2017

Como um playground pode fazer a diferença para crianças com transtorno do espectro autista (TEA)?

 

 

 
O autismo é muito complexo e delicado, é um transtorno de desenvolvimento que prejudica
a capacidade de se comunicar e interagir. Algumas crianças não são verbais, enquanto outras não tem problemas para falar. As crianças com autismo têm dificuldade em socializar e raramente interagem com sucesso em situações espontâneas, como brincar.
 


Essas crianças também podem ter transtorno de processamento sensorial (TPS), que altera a natureza e a força dos sinais sensoriais que eles recebem. Como resultado, eles podem ter problemas com o equilíbrio e dificuldades de entender onde seu corpo está no espaço.

O playground é perfeito para praticar habilidades: sociais, equilíbrio, como o corpo se relaciona com o espaço ao seu redor e como ele reage à altura e velocidade. Muitas crianças com autismo estão em programas de terapia para aprender a lidar com essas situações e o playground oferece a eles um lugar divertido e perfeito para praticar o que aprendem.

Listamos abaixo, alguns fatores essenciais em um playground que beneficia crianças com esse espectro:

Atividades em conjunto

 
O playground pode ser um espaço para entender melhor a própria capacidade de praticar a socialização. Por isso, manter certas atividades em conjunto é essencial para isso, como por exemplo, o brinquedo que exige o trabalho em equipe, incentiva as crianças a se comunicar com pelo menos uma outra criança.


Área tranquila

 
Uma área tranquila é necessária para que as crianças com autismo possam recuperar o controle.

Atividades de equilíbrio


Uma criança com autismo pode ter dificuldade em se equilibrar. Por isso, é essencial uma ampla gama de brinquedos com diferentes alturas, larguras e movimentos que permitam às crianças a se arriscarem e a experimentarem novas experiências.

Atividades sensoriais


É importante uma variedade de experiências sensoriais, incluindo tátil e auditiva. Outras

 

atividades, incluindo rastejas, escalar e saltar ajudam uma criança a determinar onde seu corpo está no espaço.

 
Brinquedos com música são uma ótima opção! As crianças podem brincar com instrumentos musicais ao ar livre para ajudar nos aspectos sensoriais.
 
Linha de visão


Ver o que está acontecendo ajuda a aliviar a ansiedade e ajuda as crianças com autismo a avaliar as opções de brincadeira antes de se envolverem em uma.

 

Nós da Oikotie damos importância para todos esses fatores, pois apoiamos a causa de que todas as crianças merecem se divertir juntas. Por isso, criamos playgrounds onde todos possam desfrutar e se divertir a vontade. Nossos playgrounds têm designs lúdicos e instigantes o suficiente para unir todas as crianças. Além disso, aqui, seguimos todas as regras exigidas pela ABNT e tornamos toda e qualquer brincadeira muito mais segura.

Fonte: https://playworld.com/blog/autism-why-playgrounds-matter/

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

posts em destaque

Cuidados no verão

09/01/2019

1/10
Please reload

posts recentes